Financeiro ERPFlex | Tudo sobre o módulo Financeiro ERPFlex |

ERPFlex – Financeiro

Módulo Financeiro ERPFlex

Cadastros

O sistema de Gestão Empresarial ERPFlex possui diversas funcionalidades para atender o departamento financeiro. Conheça algumas funcionalidades do módulo Financeiro ERPFlex:

  • Renegociação de títulos a receber (aglutinação em nova fatura)
  • Controle de adiantamentos de clientes e fornecedores
  • Compensação de créditos – possibilidade de usar o valor de um título a receber para quitar um título a pagar de um mesmo fornecedor/cliente e vice-versa
  • Geração de boletos e CNAB de remessa/retorno dos principais bancos e carteiras
  • Envio de boletos por email aos clientes
  • Geração de Arquivo de Remessa de Cobrança e baixa automática dos títulos pelo arquivo de retorno
  • Controle de Recebíveis com Cartão de Crédito, com lançamento automático da taxa de desconto da administradora
  • Controle de Despesas com Cartão de Crédito Corporativo
  • Geração de arquivos de pagamento: SISPAG – Itaú, Pagfor e Multipag – Bradesco
  • Controle de Cheques recebidos de terceiros
  • Transferência entre contas correntes
  • Consulta consolidada da situação financeira do cliente em ambiente com matriz e filial
  • Envio de email ao financeiro para aviso de títulos a receber, a pagar e vencidos
  • Consulta Fluxo de Caixa
  • Consulta Extrato Bancário (em PDF e Excel)
  • Consulta Movimentação Financeira de Recebimentos e Pagamentos
  • Consulta de Comissões a Pagar

Cadastro de Bancos

Um dos grandes objetivos do sistema de gestão é o controle financeiro da empresa. Para que isso seja possível, devemos preencher o cadastro de bancos com as contas correntes que a empresa trabalha.

Com o Financeiro ERPFlex é possível controlar e obter a posição atualizada do saldo bancário da empresa. Para tanto, devem ser preenchidos os campos Saldo Anterior e Saldo Atual com o saldo existente na data da entrada em produção do sistema.

A partir desse momento, a cada movimentação financeira, o sistema atualizará o Saldo Atual. O Saldo Anterior é mantido fixo, como histórico; além disso, é com base neste valor que o ERPFlex consegue obter o saldo em qualquer dia anterior à data atual.

Portanto, os campos Saldo Anterior e Saldo Atual é que possibilitam o controle da integridade dos dados bancários, uma vez que partindo do saldo anterior e adicionando ou subtraindo todos os movimentos bancários de um determinado banco, deve resultar no saldo atual.

Por padrão, o Financeiro ERPFlex já envia cadastrados os bancos: Caixinha e Interno ERPFlex.

Cartões de Crédito e Débito

O Financeiro ERPFlex permite registrar pagamentos e recebimentos com cartão de crédito e débito e direciona as baixas desses movimentos em telas apropriadas que facilitam a conciliação com a fatura referente às compras e dos reembolsos recebidos da Administradora de Cartão pelas vendas realizadas.

Cartões de Crédito e Débito para Pagamento

No caso de pagamentos com cartão de crédito corporativo da empresa, deve ser informado o dia de vencimento da fatura.

A cada pagamento realizado, o vencimento do título será sugerido com o próximo dia de vencimento da fatura.

Para pagamentos com cartão de débito, não é necessário informar prazo e taxa, pois o valor é debitado automaticamente da conta bancária e não envolve tarifas para quem esta pagando, porém no sistema é necessário realizar a baixa manual. É comum lançar uma despesa que foi paga com cartão de débito, utilizando o tipo a vista e informar o banco, onde a baixa é feita de forma automática.

Cartões de Crédito e Débito para Recebimento

No cadastro de cartão de crédito para recebimento nas vendas, é importante informar o prazo em que a Administradora de cartão realiza o reembolso à empresa e a taxa descontada pelo serviço prestado.

A cada recebimento com cartão, o Financeiro ERPFlex calculará o vencimento das parcelas com base no prazo para reembolso. No momento da baixa, será sugerido o valor liquido, já com abatimento da taxa de administração. Além disso, será gerada automaticamente uma despesa em Compras no valor taxa.

Exemplo:

Em uma venda recebida com cartão de crédito no valor de R$ 120,00 e considerando a taxa administrativa de 3%,, ao realizar a baixa no sistema, o valor a receber será de R$ 116,40 e o valor de R$ 3,60 será lançado como despesa de taxa de serviço.

Para recebimentos com cartão de débito, é necessário informar o prazo de recebimento e a taxa, já que o reembolso ocorre da mesma forma que foi citado para cartão de crédito, mas geralmente com prazo de recebimento e taxa menores.

Onde é utilizado?

Nas rotinas de Vendas (receita, faturamento e orçamento), Gestão de Assinatura e Compras (despesa, compra, reembolso e pedido de compra).

Formas de Pagamento

O objetivo desse cadastro é estruturar as condições de pagamentos usadas pela empresa, tanto na compra como na venda. A forma de pagamento também auxilia o departamento financeiro a identificar como a área comercial negociou a quitação do título.

Para compor a forma de pagamento, estão disponíveis 4 tipos de estruturas:

  • À Vista
    • Este tipo lança o título já quitado na data da emissão, é obrigatório vincular um banco para baixa. Normalmente, utilizado para lançamentos em dinheiro no Caixinha.
  • A prazo
    • Permite definir parcelamentos e as respectivas datas de vencimento. A partir dele, podem ser gerados boletos, depósitos etc.
  • Cheque-pre
    • Este tipo considera que um cheque foi emitido, seja para pagamento ou recebimento. É possível utilizar o campo Número de parcelas/Intervalo em dias entre parcelas para prévia configuração do parcelamento. No entanto, no momento da compra ou faturamento, deverão ser informados os dados dos cheques.
  • Cartões de Crédito
    • Permite víncular com o cadastro de cartão de crédito. É possível utilizar o campo Número de parcelas para configuração prévia do parcelamento. No momento da compra ou faturamento, é que serão calculados os vencimentos, conforme o dia da fatura (se pagamento) ou prazo de reembolso (se recebimento) definidos no cadastro do cartão.

Lançamentos

Títulos a Pagar

O controle diário dos valores a pagar e a baixa do que foi pago é de extrema importância para o Financeiro da empresa.

O parâmetro Pagtos/Recebtos – vencidos e a vencer (Parâmetros > Workflow) encaminha um email ao responsável financeiro alertando antecipadamente sobre os títulos a vencer e sobre títulos vencidos.

Veja as operações que podem ser realizadas nessa tela:

  • Títulos de Cheques
  • Pagamento Parcial
  • Pagamentos com Desconto
  • Pagamentos com Acréscimo
  • Pagamento com crédito
  • Cancelamento de Baixas
  • Cancelamento de Títulos
  • Estorno de Cancelamento de Título

Títulos a Receber

O controle dos títulos a receber é de extrema importância avaliar diariamente os títulos a receber, efetuar a baixa dos que foram recebidos e realizar a cobrança dos inadimplentes.

Veja as operações que podem ser realizadas nessa tela:

  • Baixa de Cheque
  • Recebimento Parcial
  • Recebimentos com Desconto
  • Recebimentos com Acréscimo
  • Recebimento com crédito
  • Cancelamento de Baixas
  • Cancelamento de Títulos
  • Estorno de Cancelamento de Título

Empréstimos

Os empréstimos contraídos pela empresa junto às instituições financeiras e aos sócios são lançados nessa tela, que registra a entrada do dinheiro no banco e lança o valor da dívida no passivo no Balanço e DRE e PEF.

Caso o empréstimo tenha sido contraído antes da implantação e possua saldo devedor, esse valor deve ser informado no campo Saldo Anterior da tela de empréstimo. Isso faz com que esse saldo devedor seja apresentado no Balanço e DRE e no PEF, porém não seja feita movimentação de valor no banco.

1. Para cada prestação a pagar do empréstimo, deve ser incluída uma quitação com a data de emissão referente à prevista para o pagamento, ou seja, não se deve lançar um valor total de quitação e apenas parcelar. Caso contrário, o Balanço e DRE e o PEF irão considerar o empréstimo já quitado integramente, uma vez que é exibido pelo regime de competência e não de caixa.

2. Os valores devidos por juros e outras taxas decorrentes devem ser lançados à parte com um serviço de despesa financeira, também de forma mensal e não por parcelamento.

Investimentos

Além de permitir visualizar os valores dos ativos imobilizados, a tela de Investimento possibilita controlar os valores em aplicações financeiras.

Como lançar os rendimentos do investimento?

È importante destacar que os rendimentos da aplicação, devem ser registrados em duas etapas:

1º Lançamento de uma receita (tela Faturamento);

2º Lançamento da Aplicação do Rendimento na tela de Investimento.

Como lançar os impostos sobre resgates?

Já em relação aos débitos dos impostos que reduzem o valor da aplicação, o processo deve ser:

1º Lançamento do Resgate do valor da aplicação referente aos impostos;

2º Lançamento da despesa referente aos impostos pagos pela tela de compras.

Canal ERPFlex

A Six IT é um canal homologado ERPFlex, entre em contato e saiba como podemos ajudar sua empresa

Veja Também
Message Us on WhatsApp